Orgãos Sociais e Estatutos

Segundo o artigo 9.º da Lei Quadro das Fundações (Lei 150/2015, de 10 de setembro), conjugado com a Portaria n.º 75/2013, de 18 de fevereiro, a Fundação Graça Gonçalves, no âmbito dos seus estatutos, é constituída pelo seguinte:


Instituidores

A Fundação Graça Gonçalves foi instituida a 29 de junho de 2006 em Aveiro. Na sua constituição fizeram parte os seguintes instituidores (pessoais e instituicionais):

- Maria da Graça Gonçalves Gomes dos Santos

- António Alberto Vieira da Cruz

- Gostar Editora - Produções Didáticas, Lda.


Órgãos Sociais

Após a alteração aos Estatutos da Fundação, realizada em março de 2021, os órgãos sociais passaram a ser consituídos por:


Conselho de Curadores

(Mandato para o quadriénio de 2021 a 2025)

Presidente - Goreti Maria Flamengo de Andrade

Membro - Herlander Fernandes de Sousa

Membro - Joana Valente Lopes

Membro - Luís Paulo Lopes Gonçalves

Membro - Mafalda Patrícia Fernandes Leite Marujo

Membro - Natália da Silva dos Santos

Membro - Paula Cristina Soares da Silva Marques

Membro - Paulo Miguel Figueiredo Moreira Marques

Membro - Rodrigo Belard Silvano de Almeida e Silva



Conselho de Administração

(Mandato para o quadriénio de 2021 a 2025)

Presidente - Maria do Rosário Gonçalves Ochoa de Castro

Administrador - Luís Filipe de Almeida Neves

Administrador - António Alberto Vieira da Cruz


Estatutos

Os Estatutos da Fundação Graça Gonçalves foram alterados, segundo a legislação em vigor, em março de 2021. Disponibilizam-se aqui os mesmos.


Relatórios e Planos de Atividades

A Fundação Graça Gonçalves, no âmbito dos seus Estatutos e do normal funcionamento redige e submete a aprovação pelos órgãos internos competentes o plano de atividades a desenvolver no ano seguinte.

Assim, disponibiliza-se o "Plano de Atividades para 2021" nesta ligação.

O relatório e contas referentes ao ano civil de 2020 estã disponibilizado nesta ligação.